Publicado em 30, agosto 2016

Estudo gratuito recebe animais voluntários com sequelas neurológicas de cinomose

Os animais que têm sequelas neurológicas de cinomose, com perda parcial da motricidade ou paralisia e sofrem de dor profunda, podem participar de estudo clínico gratuito feito em parceria ente CellVet e ULBRA.  O objetivo é investigar a eficácia da utilização das células-tronco no tratamento da doença…

O estudo clínico realizado em parceria entre a CellVet-Medicina Veterinária Regenerativa e o Hospital Veterinário da ULBRA, quer avaliar o possível benefício da terapia celular no tratamento de animais com sequela neurológica de cinomose. Aquele que for participar do estudo deve ter tido os primeiros sintomas das sequelas há, no máximo, seis meses e não possuir o vírus da doença ativo.  O tratamento, sem custo para o proprietário, será realizado em Canoas.

A cinomose com sequela neurológica é uma doença viral altamente contagiosa, neuro-degenerativa. Comum em cães, é considerada uma das principais causas de morte. A cinomose têm várias formas de sequelas, na neurológica os principais sintomas são tremores, diminuição dos reflexos, andar em círculos, espasmos e paralisia.

Por não haver tratamentos e remédios específicos para estas sequelas, a busca da cura se torna ainda mais complexa. O tratamento geralmente é de suporte, mas quando o diagnóstico é precoce, as chances de obter alguma recuperação aumentam.

Para participar do estudo, o animal deve ter sido diagnosticado previamente por um veterinário. Os interessados devem entrar em contato com a CellVet, pelo emailestudoclinico@cellvet.com.br, ou pelo telefone (51) 31095223.

Apoio

Rua da Várzea, 22 - Jardim São Pedro
Porto Alegre - RS
(51) 3109-5223